Professores de Ananindeua ocupam câmara de Vereadores do município

Sindicato diz que professores não recebem gratificação de nível superior.

Categoria quer reunião com prefeito Manoel Pioneiro.



Os professores e pedagogos de magistério de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, ocuparam desde 11h30 a Câmara do município nesta segunda-feira (19). A categoria, que está em greve desde o dia 5 de maio, critica a política de gratificação salarial do município: segundo os manifestantes, os docentes tem direito a gratificação de 60% pelo nível superior, que não é paga a 98% dos professores. Os manifestantes pedem ainda eleições diretas para os cargos de direção nas escolas, abertura de concursos públicos e reformas nas unidades. O G1 entrou em contato com a prefeitura de Ananindeua, e aguarda posicionamento oficial.

Segundo os trabalhadores, a prefeitura suspendeu as negociações. "Nós queremos uma audiência com o prefeito Manoel Pioneiro. Pedimos que uma comissão de vereadores tente esta audiência para sair do impasse, porque não assinaram pagamento de gratificações em 2014, disseram que será discutido em 2015, ma s queremos uma garantia concreta. A categoria não aceita este tipo de posição do governo", disse Jair Pena, do Sindicato dos Professores de Ananindeua.

Comentários

Postagens mais visitadas

Jogador Placaense Danubio Silva é contratado pelo Dynamo Dresden da Alemanha

Homicidio na Trasamazônica ajudem a identificar esse rapaz

Tragédia em Trairão: Gravíssimo acidente entre micro-ônibus e carreta deixa mortos e feridos.

Acidente Fatal na Ponte do Rio Cuaruauna

Corpo aguarda reconhecimento no hospital municipal de Placas